3×3 Eyes

5.00 avg. rating (98% score) - 1 vote

Yakumo é um estudante japonês normal de escola secundária. Seu pai é um professor excêntrico que abandonou sua família quatro anos atrás  para estudar demônios no Tibete. Um dia, uma misteriosa menina chamada Pai que vagueava pela cidade em busca de Yakumo e ao encontra-lo fica saltitante de alegria. Traz a notícia da morte do professor e como foi instruída por ele a encontrar Yakumo para que ela se torne humana. De inicio ele não a leva muito a sério, embora tenha acho ela bonitinha… até que um dia ele é atacado, e sua vida foi conservada quando Pai consumiu sua alma.

Após isso Yakumo aprende que Pai é a última de uma antiga raça de demônios sagrados conhecidos como Sanjiyan, e pelo fato de ter tido sua alma consumida, ele é agora seu Wu, um protetor imortal.

Titulo: 3×3 Eyes
Titulo alternativo: Sazan Eyes
Gênero: Ação / Comédia / Drama / Romance
Estúdio: Kodansha
Formato: OVA / 4 episódios
Ano de produção: 1991

3×3 Eyes era uma popular série de mangá durante o fim de 1980 e começo de 1990. Muito de sua popularidade era devido ao fato de ter uma boa mistura entre comédia, violência, drama e ação. Assim apelando para vários gostos.

3×3 Eyes, o anime, tenta recriar com a mesma fórmula o sucesso que foi o mangá… mas devido ao formato relativamente curto que envolve um OVA, muito do que consistia o mangá foi deixado de lado, o que é uma pena. Os personagens secundários também foram vítimas da limitação de tempo e o enredo salta frequentemente (sem transições adequadas) de um ponto ao outro, como também acontece nos OVA’s Ah! My Goddess e Love Hina Again.

3×3 Eyes é antes de tudo uma história de amor; o relacionamento entre Sanjiyan / Wu é uma metáfora íntima do amor verdadeiro: as almas entrelaçadas, uma dependendo da vida da outra. É dada pouca atenção sobre a parte de querer ser humana e o que é ser meio humana.  Entretanto, 3×3 Eyes II: Legend of the Divine Demon, a sequência deste OVA, fala sobre isso com mais detalhe.

Fonte: Oryon
5.00 avg. rating (98% score) - 1 vote

Comentários

Facebook