Hellsing

5.00 avg. rating (98% score) - 1 vote
A história se passa na Inglaterra, onde uma agência secreta sob o nome de Hellsing defende seu país e rainha contra seres sobrenaturais, notavelmente vampiros. Integral Wingates Hellsing, que herdou o controle sobre esta organização de seu pai, enfrenta agora uma quantidade surpreendemente grande de vampiros. Sua arma secreta: Alucard, que, ironicamente, é um vampiro de enorme poder. Faze-lo erradicar os mortos-vivos em nome de deus pode levantar muita controvérsia, mas ele certamente faz um trabalho bem feito.

 

Titulo: Hellsing
Gênero: Ação
Estúdio: Gonzo / Pioneer LDC
Formato: Série de TV / 13 episódios
Ano de produção: 2001

Estórias de vampiros já foram feitas a exaustão. Mas Hellsing demonstra um pouco de originalidade, como um vampiro que procura não somente a vitória mas também diversão durante o processo, tornando este anime uma adição digna à coleção de todos os aficionados de vampiros.

A trilha sonora é uma surpresa agradável após a outra, desde a abertura energética até uma variedade grande de temas de fundo, finalizando com uma agradável canção de encerramento. A parte gráfica esbanja estilo, enquanto que as cenas da ação, particularmente nos últimos dois episódios, são bem feitas.

Os personagens chamam a atenção por causa de seu estilo e o esforço óbvio posto em sua concepção. Infelizmente o mesmo não pode ser dito sobre o enredo. Não que Hellsing não seja complexo o bastante; o problema é como tudo é unido, pois é deixado várias pontas soltas, ainda mais que determinados personagens, organizações e lugares são introduzidos somente momentaneamente, sem informação adicional. Treze episódios deveriam ter sido o bastante para trazer respostas a todas as perguntas, contudo não a uma boa utilização do tempo para tal.

Apesar de ter uns furos na história grandes o bastante para dirigir um caminhão através, se você procura um anime de ação com doses de horror, este título deverá agradar.

Abertura Hellsing

Fonte: Oryon
5.00 avg. rating (98% score) - 1 vote

Comentários

Facebook