Maria-sama ga Miteru

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes
Maria-sama ga Miteru

Titulo: Maria-sama ga Miteru
Gênero: Drama, Shoujo-ai
Estúdio: Studio Deen
Formato: TV / 13 episódios
Ano de produção: 2004

Lillian School é uma escola exclusiva para senhoritas católicas e que tem um Conselho de Estudantes denominado Yamayurikai; conselho tal que tem como líderes 3 alunas das quais recebem um titulo com base em nome de flores. Sendo elas: Rosa Gigantea; Rosa Sinensis; Rosa Foetida. A hierarquia prossegue com as soeurs das Rosas que são chamadas “le bouton de la rose”, enquanto que as soeurs das “le bouton de la rose” são apenas chamadas de “petite soeur”.
Neste sistema hierárquico encontramos a jovem Yumi, uma estudante do 1º ano que acaba de entrar nesta escola e que tem uma admiração por Sachiko, uma aluna do 2º ano. Apesar da sua admiração por Sachiko, Yumi não tem esperanças de ser convidada para ser a sua petit soeur, já que Sachiko pertence ao Conselho de Estudantes. Entretanto, um encontro casual entre as duas leva Sachiko a convidar Yumi para ser sua soeur.
Mas será que Yumi realmente ficara satisfeita em ser convidada quando é aparente que Sachiko tenta apenas manipula-la em beneficio próprio? E poderá ela ficar calma e coerente ao estar – tão de repente – ao lado da pessoa que tanto admira?

Antes de tudo, deve ser dito que se a pessoa não for paciente e estiver procurando ação, fanservice e doses elevadas de comédia, esta série não é recomendada, sendo melhor manter distância. Mas se gostar da falta de ação, dos movimentos lentos dos personagens, da atmosfera de tranquilidade com um drama lá oculto, haverá de apreciar e muito este anime; do qual se focaliza nas emoções e interações entre seus personagens.

Quanto a parte técnica do anime, a animação não chega a ser espetacular, mas é possivel notar a boa qualidade ao observar a maneira que os personagens andam, sentam, dançam e comem. Enquanto que a arte-final é atraente e detalhada, proporcionando uma atmosfera distinta a esta série. O character design – que da uma atenção especial aos cabelos e os olhos – é bonito; ainda que algumas pessoas possam discordar disso. E a trilha sonora ira agradar aos apreciadores da música clássica, já que a maior parte das músicas (incluindo abertura e encerramento) são feitas neste estilo; que cabe perfeitamente ao tema do anime.

Maria-sama ga Miteru não tem um enredo arrebatador, pois além da estória se desenvolver em pequenos arcos de 2/3 episódios, seu enfoque é simplesmente no relacionamento entre as membros do Yamayurikai; como amigas, como soeurs, ou ainda como algo mais que isso. Aliás, o uso do francês para denotar titulos de status na escola é algo que leva tempo para o espectador se habituar.

Como observação final, devo dizer que o simbolismo religioso e sexual (lesbianismo) existente na série pode desagradar pessoas mais conservadoras.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Comentários

Facebook